Festival Varilux de Cinema Francês comemora os 50 anos de lançamento do filme Um Homem e Uma Mulher

segunda-feira, junho 13, 2016


No dia 6 de junho aconteceu no Cine Belas Artes de Belo Horizonte a pré-estreia do Festival Varilux de Cinema Francês 2016, organizado pela Aliança Francesa de Belo Horizonte. O De volta ao retrô foi convidado pela Air France para estar no evento e assistir ao filme Flórida, dirigido por Philippe Le Guay, que esteve presente no dia conversando com os convidados.



Este ano, o Festival acontece em mais de 50 cidades brasileiras entre os dias 8 e 22 de junho, ganhando uma semana a mais de exibição em relação ao ano passado. A programação conta com 15 filmes atuais produzidos entre 2015 e 2016 e um grande clássico de 1966: “Um Homem e uma Mulher” (Um homme et une femme) de Claude Lelouch, em homenagem ao seu 50º aniversário de lançamento.



A exibição da cópia restaurada de Um Homem e uma Mulher, começou no dia 12 de junho, e eu fui conferir essa história de amor entre dois viúvos que perderam recentemente seus cônjuges.

Sinopse:

Durante uma tarde de domingo, visitando seus filhos no colégio interno, o piloto de corridas Jean-Louis Duroc (Jean Trintignant) e Anne Gauthier (Anouk Aimée) se encontram. Assim continua nos próximos fins de semana, eles vão conhecendo um ao outro e logo descobrem que ambos são viúvos, perderam seus parceiros recentemente. Depois de uma grande amizade, eles começam um relacionamento, mas a memória dos amores perdidos ainda é muito forte.


"Um Homem e Uma Mulher" é sem dúvida uma bela história de amor do cinema. Filmado parcialmente em preto e branco e a cores (por questões de orçamento), o filme de Lelouch é feito de momentos em que se foca nos pequenos gestos, olhares, sorrisos e pensamentos dos protagonistas, é uma narrativa linear entrecortada por inúmeros flashbacks de um casal que vive em meio ao tempo e a memória.

O filme traz uma belíssima trilha sonora e conta ainda com o emprego da música “Samba Saravá” de Baden Powell e Vinicius de Moraes. Anouk Aimée e Jean-Louis Trintignant estão excepcionais em seus papéis, ambos conseguem com espontaneidade ser delicados, curiosos, inocentes, felizes, tristes, fracos e fortes, para mostrar o despertar do amor entre um solitário convicto e uma mulher precocemente viúva. 


Realizado com poucos recursos e com a virtuosidade de uma câmera empunhada a mão, "Um Homem, Uma Mulher" rendeu a Lelouch a Palma de Ouro no festival de Cannes, dois Oscars e quarenta recompensas internacionais. Vale a pena conferir esse clássico, confira no site do Festival a programação na sua cidade.

Acompanhe o blog também em: Instagram | Twitter | Facebook | Pinterest

VOCÊ VAI GOSTAR TAMBÉM:

2 comentários

  1. Que chique Ari Diva! Eu já ouvi falar desse filme, mas nunca assisti. Amo cinema francês, Já está na minha lista :)

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh obrigada Pri! <3

      Se tiver a oportunidade de assisti-lo no festival será melhor ainda :D

      Bjus

      Ari

      Excluir

Comentários são sempre bem-vindos e eu vou gostar de saber o que você acha do blog ♥. Mas lembre-se: sem palavrões ou xingamentos. Ah! E deixe o endereço do seu site/blog pra eu poder visitar.

Ari

Portfólio

Fac

Todos os textos publicados são produzidos por Ariadne Rodrigues, exceto quando sinalizado. Por ser um blog de inspiração o material divulgado (fotos, vídeos, etc.) leva sempre o nome do autor e o link para o mesmo. Se ainda assim algum material não foi devidamente creditado ou não é permitido seu uso, você artista, pessoa pública, site ou empresa entre em contato via e-mail (devoltaaoretro@gmail.com) que o material será prontamente creditado e/ou removido. Não utilize as imagens e os textos feitos pelo De volta ao retrô, sem a minha autorização.

Faço parte