Conheça a identidade visual da Retrofutur, uma boutique especializada em aparelhos de áudio vintage

sexta-feira, junho 10, 2016


Alguns produtos que encantaram décadas atrás, chegam até nós através de empresas que unem inovação, tecnologia e funcionalidade para nos oferecer um produto que se adapte ao nosso contexto, mas ao mesmo tempo com aquele toque do passado que amamos.

É nesse sentido que a Retrofutur trabalha. A boutique que está localizada em Paris é especializada em aparelhos de áudio vintage. Alguns de seus produtos são feitos artesanalmente em couro e madeira, um luxo puro!


Todo o sistema de identidade visual da Retrofutur ficou por conta do Studio Château Bâtard, que explorou cores mais clássicas e apostou em fontes com design mais reto para deixar a marca moderna e sóbria. As peças de toda a identidade visual você pode conferir abaixo, inclusive o projeto de criação de site.


Acompanhe o blog também em: Instagram | Twitter | Facebook | Pinterest

VOCÊ VAI GOSTAR TAMBÉM:

2 comentários

  1. Muito fofa a loja, adorei a dica Ari uma pena ser em Paris.
    Mas quem sabe um dia eles expande né.
    Beijos
    http://cherrycriis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou quem sabe um dia viajamos até lá ein ein? rsrs

      Valeu pela visita!

      bjus
      Ari

      Excluir

Comentários são sempre bem-vindos e eu vou gostar de saber o que você acha do blog ♥. Mas lembre-se: sem palavrões ou xingamentos. Ah! E deixe o endereço do seu site/blog pra eu poder visitar.

Ari

Portfólio

Fac

Todos os textos publicados são produzidos por Ariadne Rodrigues, exceto quando sinalizado. Por ser um blog de inspiração o material divulgado (fotos, vídeos, etc.) leva sempre o nome do autor e o link para o mesmo. Se ainda assim algum material não foi devidamente creditado ou não é permitido seu uso, você artista, pessoa pública, site ou empresa entre em contato via e-mail (devoltaaoretro@gmail.com) que o material será prontamente creditado e/ou removido. Não utilize as imagens e os textos feitos pelo De volta ao retrô, sem a minha autorização.

Faço parte