Artwork dos leitores | #17

terça-feira, novembro 17, 2015


Olá nostálgicos, a décima sétima exposição dos trabalhos dos leitores está bem inspiradora. É ótimo receber trabalhos de qualidade voltados para o tema retrô. Na seleção de hoje temos artes plásticas, branding vintage moderno e um jornal retrô super bacana, confira.



Edi Edson Artista Plástico | São Paulo – SP

“Edi é um artista plástico inspirado pelo tempo e as possibilidades de formas e cores que ele representa no cotidiano. Oriundo da ilustração gráfica e do design, o artista apresenta influência dos movimentos estéticos da Street Art, Cubismo, Art Nouveau e Pop Art. Em suas peças, Edi Edson faz uso de impressão com pigmento à base de água, finalizada com pinceladas de tinta acrílica. A obra moderna e contemporânea aguça os espectadores de uma maneira tão deleitosa que desperta interesse aos olhos mais curiosos. A seleção das obras é feita de modo a garantir a diversidade, sem deixar de lado a qualidade das artes.”  – Edi Edson




Hugo Silva  Designer | Aveiro - Portugal

“O tema do meu trabalho é branding vintage moderno. Think bold Studio é um estúdio de design que foi fundado em 2013, em Aveiro, Portugal pelo designer gráfico Hugo Marques. O estúdio reflete a autenticidade e o charme da imperfeição do trabalho manual e, é uma paixão pelo vintage e a busca para conectar técnicas tradicionais a um estilo intemporal.” – Hugo Silva




Lúcio Matos (Jornalista) e Marcelo Duarte (Diagramador) | JoinvilleSC

“O jornalista Lúcio Mattos e o Editor de Diagramação Marcelo Duarte, ambos apaixonados pela história de Joinville (SC) - e principalmente por contar boas estórias, criaram o Jornal Retrô, uma janela de observação ao passado, com atenção especial ao curioso, bizarro e inusitado. Utilizando material do Arquivo Histórico de Joinville, o Jornal Retrô faz uma análise aprofundada de conteúdo, forma ou linguagem dos jornais Gazeta de Joinville, Folha Livre, Commercio de Joinville, Gazeta do Commercio, Jornal de Joinville, Correio de Joinville e A Notícia, permitindo um olhar sobre outros tempos, que serviram de base para formar comportamentos, costumes, mitos e verdades, trazendo de volta à luz notícias, ilustrações, charges, anúncios, fotos e mapas dos últimos dois séculos.

O foco é variável, podendo recair sobre fatos marcantes ou acontecimentos aparentemente insignificantes do cotidiano, às vezes os mais reveladores de uma época. Pelo caráter do imediatismo, os jornais costumam capturar um retrato instantâneo dos dias em que foram publicados. Assim, junto com as peculiaridades dos seus dias, oferecem a chance de um resgate histórico único, com relatos in loco dos fatos e acontecimentos que nos definem.

Os assuntos estão divididos em quatro seções, que retratam desde acontecimentos históricos, imagens e anúncios e classificados da época. As edições são semanais e o acesso é totalmente gratuito, com novos números indo ao ar sempre às sextas-feiras.”  Lúcio Mattos e Marcelo Duarte





E aí curtiram os trabalhos? Quer ver o seu trabalho aqui também? Saiba como clicando aqui. Até o próximo Artwork dos leitores, e não se esqueçam de divulgar esse espaço cedido a vocês, se tiver algum amigo que tenha algo nesse estilo para mostrar indique-o pra cá! ;)

Acompanhe o blog também em: Instagram | Twitter | FacebookPinterest

VOCÊ VAI GOSTAR TAMBÉM:

0 comentários

Comentários são sempre bem-vindos e eu vou gostar de saber o que você acha do blog ♥. Mas lembre-se: sem palavrões ou xingamentos. Ah! E deixe o endereço do seu site/blog pra eu poder visitar.

Ari

Portfólio

Fac

Todos os textos publicados são produzidos por Ariadne Rodrigues, exceto quando sinalizado. Por ser um blog de inspiração o material divulgado (fotos, vídeos, etc.) leva sempre o nome do autor e o link para o mesmo. Se ainda assim algum material não foi devidamente creditado ou não é permitido seu uso, você artista, pessoa pública, site ou empresa entre em contato via e-mail (devoltaaoretro@gmail.com) que o material será prontamente creditado e/ou removido. Não utilize as imagens e os textos feitos pelo De volta ao retrô, sem a minha autorização.

Faço parte