Artwork dos leitores | #9

quinta-feira, janeiro 16, 2014


Olá nostálgicos, ano novo trabalhos novos, estamos recomeçando o Artwork dos leitores com a nona edição. Essa seleção está cheia de novidades com temas diversificados e com muita criatividade. Confiram essa seleção que abre novamente esse espaço dedicado aos leitores do blog.


Gustavo Rodrigues Designer | Jundiaí - SP

Aprecio a arte retrô, pelas formas e cores, e resolvi fazer uma releitura de personagens da série de desenhos animados Looney Tunes, baseando na arte retrô. Fiz um esboço muito simples dos personagens Pernalonga e Piu-Piu, e depois vetorizei, enfatizando as formas geométricas durante a vetorização. Após vetorizados, fiz uma pesquisa de cores, para saber quais tons de amarelo e cinza, se casariam com os personagens no tema "retrô". Também utilizo o sombreamento nos personagens, para dar aquele visual ainda mais antigo, e divertido. No final da edição é indispensável uma boa textura, e as fontes vintages. Sou realmente apaixonado pela arte retrô, e fiz o trabalho com o intuito de me aprofundar e estudar as técnicas desta arte. Costumo ler revistas de designers na hora da inspiração, e dentre vários designers aprecio muito o trabalho de Eric Tan, que é uma inspiração para mim. - Gustavo Rodrigues




Henrique SantiniArtista digital | Porto Alegre - RS

"Rat Pack, Tiki's, Rock-a-Billy e Oompas Loompas! As referências do artista digital gaúcho Henrique Santini são variadas, mas sempre ligadas ao vasto universo da cultura pop e do retrô. Apesar do artista viver no Rio Grande do Sul, sua arte poderia perfeitamente ter sido produzida em Las Vegas, na Califórnia ou em alguma ilha do Pacífico Sul. As ilustrações de Henrique me dão vontade de pôr um LP de Henry Mancini (ou Les Baxter) na vitrola, preparar um dry-martini (ou um Mai Tai), e me lembrar de uma época dourada que não existe mais (e provavelmente nunca existiu). Aloha!" - Duda Leite, realizador do documentário Tikimentary- In Search of The Lost Paradise

Algumas exposições realizadas:

Figuraças - 2009
A proposta dessa exposição, que juntava material produzido durante anos, era apresentar personagens e nomes conhecidos da ficção e do mundo real em um novo contexto, como se estivessem prontos para estrelar séries animadas fictícias. As obras traziam versões de figuras como o Exterminador do Futuro de Arnold Schwarzenegger ou Sloth, do filme Goonies, um clássico para a geração dos anos 80. Todas no traço das décadas de 50 e 60 e as cores fortes que remetem aos desenhos animados. Na apresentação, as ilustrações também ganharam os clássicos títulos inspirados no universo dos cartoons do estúdio Hanna Barbera.

Rockabilly Freakshow - 2012
Já em 2012, A exposição Rockabilly Freakshow fez parte da programação do Big River Festival, realizado em março de 2013. O projeto trazia  ilustrações unindo referências da cultura rocker com o universo das feiras de atrações curiosas do passado.

Tribos - 2013
 Em 2013, estamos com Tribos na Usina do Gasômetro, em Porto Alegre. Nesta nova exposição, a proposta é apresentar uns coquetéis onde representantes de tribos étnicas como Yanomami e Maasai trocam ideias com personagens de tribos urbanas (Rockabilly, Punk, por exemplo). O projeto Tribos foi escolhido por meio de edital da Prefeitura de Porto Alegre para ocupar a Usina do Gasômetro no período de 4 a 28 de julho.  - Henrique Santini





Marcelo Matheus – Publicitário e Designer | São Paulo - SP
Portfolio   

Criei para um grupo três marcas que identifica e se relaciona com as demais marcas gastronômicas do grupo. Elas trazem e carregam consigo formas, cores e personagens que nos remete as décadas de 50 e 60.

Propositalmente Retrô, elas evocam em si uma época dourada, nos remetendo ao tempo do ápice das lanchonetes e das sorveterias, quando essas eram os programas da moda e os locais favoritos da juventude.

As figuras humanas nelas representadas também refletem a forma tradicional de época em que os atendentes típicos aparecem graficamente representados. 

- A Garçonete charmosa, desenhada para figurar a marca da Hamburgueria Mooca;
- O Garoto Peralta e simpático da sorveteria do bairro, para protagonizar a logo Caffeteria Mooca;
 - E O Senhor Barman dono da caffeteria, desenvolvido para estampar o logo da Gelateria Mooca.

Todos foram desenvolvidos com seus respectivos trajes e aparências tradicionais, em que os três juntos formam uma pseudo família do bem estar e do servir bem. Figurando um tom de ambiente caseiro, saudável, confortável e de familiar confiança. 

Assim, foram criadas novas logomarcas para cada uma das instituições do Grupo Gastronômico, que refletem sua singularidade como uma holding alimentícia de qualidade incontestável, que busca tradição e está adaptada às necessidades contemporâneas de alimentação, nutrição e lazer.

Essas três marcas seguem um sistema de identidade visual que alinha as unidades de negócio do Grupo e objetiva criar sinergia e continuidade entre elas, para que sejam percebidas como parte de um todo que caminha em direção a objetivos únicos. - Marcelo Matheus




E aí curtiram os trabalhos? Quer ver o seu trabalho aqui também? Saiba como clicando aqui. Até o próximo Artwork dos leitores, e não se esqueçam de divulgar esse espaço cedido a vocês, se tiver algum amigo que tenha algo nesse estilo para mostrar indique-o pra cá! ;)

VOCÊ VAI GOSTAR TAMBÉM:

0 comentários

Comentários são sempre bem-vindos e eu vou gostar de saber o que você acha do blog ♥. Mas lembre-se: sem palavrões ou xingamentos. Ah! E deixe o endereço do seu site/blog pra eu poder visitar.

Ari

Portfólio

Fac

Todos os textos publicados são produzidos por Ariadne Rodrigues, exceto quando sinalizado. Por ser um blog de inspiração o material divulgado (fotos, vídeos, etc.) leva sempre o nome do autor e o link para o mesmo. Se ainda assim algum material não foi devidamente creditado ou não é permitido seu uso, você artista, pessoa pública, site ou empresa entre em contato via e-mail (devoltaaoretro@gmail.com) que o material será prontamente creditado e/ou removido. Não utilize as imagens e os textos feitos pelo De volta ao retrô, sem a minha autorização.

Faço parte