Schweppes celebra seus 230 anos voltando no túnel do tempo

quarta-feira, abril 17, 2013


A bebida com gás mais antiga do mundo celebra seus 230 anos de história, de uma forma bem diferente. A bebida a qual me refiro é a Schweppes, desenvolvida pelo joalheiro alemão, Jacob Schweppe, a efervescência causada pela mistura de gás e água carbonatada já está presente em festas desde 1783.  No Brasil, a marca é fabricada pela Coca-Cola desde 1999 – o conceito de sua publicidade tem sido: a bebida que separa meninos, dos homens.

Em comemoração aos seus 230 anos, a marca de refrigerantes dá dicas de drinks e músicas perfeitas para cada evento, através de um aplicativo em sua Fan Page no facebook.


O “Schweppes Music e Drink” funciona da seguinte forma: o internauta acessa o site da marca e clica no ícone “Prepare seu Mood”. Em seguida ele é direcionado para a página da empresa na rede social onde fornece informações para que o clima ideal do evento seja montado. Depois de escolher os itens referentes à ocasião, as pessoas recebem as combinações perfeitas de bebidas e músicas. 


Além da ação no facebook e em seu site, a Schweppes produziu latas especiais, inspiradas em cartazes de campanhas antigas da própria marca, e cada uma representa um período que pontuam esses mais de dois séculos de presença no mercado.
 


As histórias por trás dos rótulos das edições especiais dos 230 anos de Schweppes são as seguintes:

1783 – TÔNICA
Não precisa ser nenhum expert pra imaginar que em 1783 não existia essa variedade de refrigerantes que a gente vê hoje. Na verdade não existia refrigerante algum, era água e olhe lá. Até que surgiu Schweppes, uma espécie de água carbonatada que causava frisson com suas borbulhas nos copos e nas pessoas mais chiques da época. Rapidamente Schweppes foi reconhecida como uma bebida elegante, sofisticada e especial. O próprio rótulo do produto indicava que Schweppes não era uma bebida qualquer, era “The Gentlemen’s Choice”.


1851 – GINGER ALE
Em 1851 foi construído em Londres um exuberante palácio de ferro e vidro para A Grande Exibição. Nessa exposição os mundos das artes, ciência, comércio se juntaram para apresentar as grandes descobertas tecnológicas da Revolução Industrial. Um evento que entrou para história da humanidade e também para a história de Schweppes, que foi condecorada pela rainha Vitória como a distribuidora oficial de água e soda da Coroa britânica. Na entrada do palácio havia uma enorme fonte de cristal que, em vez de água, bombeava a efervescente soda Schweppes, que também era conhecida como uma bebida que revigorava os sistemas do corpo. A Fonte da Juventude, como era chamado o monumento, ganhou traços gráficos e imediatamente virou símbolo da marca. E, como manda a tradição, tem até hoje seu espaço garantido nas latinhas de Schweppes.


1930 – CITRUS
O esporte, a vida ao ar livre e os banhos de sol nunca tinham feito tanto sucesso até que chegaram os anos 30. Foi nessa época que as famílias mais sofisticadas começaram a sair da cidade e procurar regiões de praia para aproveitar as férias. O frescor da vida à beira-mar parecia encantar a todos e se refletia nos decotes, nas cavas e até nos modelos vestidos à noite. E onde tem elegância e frescor, não podia deixar de ter Schweppes. As sombrinhas que acompanhavam os passeios no sol foram logo representadas pela rodela de limão e impressas nos cartazes que divulgavam a bebida na época. Um luxo refrescante que estava presente na vida e nos copos dos mais sofisticados nos anos 30.


1950 – GRAPE FUSION
Depois de anos de guerra era hora de se despedir da escassez e do racionamento de materiais. O grito de ordem dos anos 50 era sofisticação, charme e cuidado com a aparência. Não à toa, Grace Kelly virou um dos maiores ícones de beleza da época com sua delicadeza e traços ingênuos. Com uma doçura de nascença, a princesa não perdeu a elegância nem mesmo durante uma viagem de navio que durou 8 dias. Quem sabe não foi essa viagem que inspirou o cartaz de Schweppes da época que mostra uma elegante dama com uma bebida a bordo de um convés?


1960 – VERSÕES LIGHTS
Com aparência impecável e sensualidade discreta, as icônicas pin-ups tomaram conta dos anos 60. Mulheres com silhuetas marcadas, roupas provocantes e atitude de menina distraída invadiram a publicidade da época. E, como não podia deixar de ser, os cartazes de Schweppes também. Afinal de contas, a bebida também misturava o frisson das borbulhas com a discrição de seu sabor e combinava perfeitamente com a nova tendência. Dá até pra imaginar uma pin-up se surpreendendo com as bolhinhas de Schweppes fazendo cócegas no seu nariz, não dá?


1980 – CLUB SODA
Há quem diga que não houve época mais divertida do que os anos 80. Além de brinquedos, videogames, cores e penteados exuberantes, as discotecas dominaram o cenário da época com letreiros e neons luminosos. A década foi uma festa só. Foi nessa época que surgiram os barmens, famosos por misturar bebidas alcoólicas com refrigerantes e frutas fazendo drinques deliciosos. E quando a gente fala de música e de drinques, estamos falando de um território mais do que conhecido de Schweppes. Que, aliás, frequentava mais pistas de dança do que muita gente na época.


Acompanhe o blog também em: Instagram | Twitter | Facebook | Pinterest

VOCÊ VAI GOSTAR TAMBÉM:

2 comentários

  1. Show! Saberia dizer se as latas são encontradas em locais específicos?

    ResponderExcluir
  2. @Bruno Victor


    Olá Bruno, não sei te dizer quanto aos locais específicos, mas dê uma olhada na fan page deles(https://www.facebook.com/SchweppesBrasil), talvez lá você consiga alguma informação sobre os locais de distribuição :)

    ResponderExcluir

Comentários são sempre bem-vindos e eu vou gostar de saber o que você acha do blog ♥. Mas lembre-se: sem palavrões ou xingamentos. Ah! E deixe o endereço do seu site/blog pra eu poder visitar.

Ari

Portfólio

Fac

Todos os textos publicados são produzidos por Ariadne Rodrigues, exceto quando sinalizado. Por ser um blog de inspiração o material divulgado (fotos, vídeos, etc.) leva sempre o nome do autor e o link para o mesmo. Se ainda assim algum material não foi devidamente creditado ou não é permitido seu uso, você artista, pessoa pública, site ou empresa entre em contato via e-mail (devoltaaoretro@gmail.com) que o material será prontamente creditado e/ou removido. Não utilize as imagens e os textos feitos pelo De volta ao retrô, sem a minha autorização.

Faço parte